24 fev
2016

A importância do perdão e a comunhão com Deus

“Senhor, até quantas vezes meu irmão pecará contra mim, que eu lhe perdoe? Até sete vezes?

Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete.”

(Mt. 18;21b e 22)

 

Certo dia, estive triste com uma pessoa, por esta ter omitido algo que eu deveria saber. Não perguntei nada a ela, mas, passei a semana em oração, pedindo a Deus que tirasse aquela tristeza de mim.

Domingo era dia da ceia do Senhor e eu não poderia com aquela mágoa, sendo que, pelo fato de não termos tido nenhuma discórdia, não me sentia à vontade para pedir-lhe perdão, já que esta não tinha conhecimento de que eu sabia do ocorrido, e muito menos dos meus sentimentos em relação a ela.

À noite, antes de sair para a Igreja, mais uma vez orei ao Senhor, pedindo que Jesus me perdoasse, pois não era certo eu tomar a Ceia, magoada com a irmã. E o Espírito Santo de Deus em sua onisciência e onipresença, imediatamente me falou:

“Filha, abre a minha Palavra”. Ouvindo isto, imediatamente parei de chorar, peguei a bíblia que estava ao lado e com os olhos fechados, abri a palavra do Senhor no livro de Eclesiastes 9:7, onde meus olhos fitaram exatamente no que diz:

“Vai, pois, come com alegria o teu pão e bebe gostosamente o teu vinho, pois Deus já diante mão se agrada das tuas obras. ”

Fui a Igreja, com o coração alegre, convicta de que agora eu estava pronta para participar da Ceia do Senhor com os irmãos. E para completar minha felicidade, a mesma irmã, minutos antes manda para mim num pedacinho de papel escrito: “Amada do Senhor, Jesus te ama, e eu também”.

Então amadas, tem como duvidar do poder deste Deus? Da sua onisciência, onipresença e onipotência?  É obvio que não.

Jesus te abençoe!

 

 

 

The following two tabs change content below.
Ailza Morais

Ailza Morais

Casada, mãe de 3 filhas (já maiores de idade e bem-criadas), sou conselheira de mulheres na igreja Assembleia de Deus Cristianismo sem Fronteiras, missionária e com formação em teologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + doze =